A Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa) superou a marca de 100 municípios integrados a Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas (Redesim) no Estado. O centésimo convênio de integração foi assinado, em Santarém, durante a realização do IV Fórum Intermunicipal Integrador Pará, evento promovido pela Jucepa para incentivar a adesão das prefeituras. Com a integração de Terra Santa, Juruti e Oriximiná, agora já são 101 municípios integrados a Redesim/Integrador Pará. A meta da Junta Comercial é integrar os 144 municípios até o final do ano.

 

Com público estimado em aproximadamente 200 pessoas, o FIP Santarém contou com a participação do coordenador nacional da Redesim na Receita Federal, Carlos Nacif, que falou sobre os desafios da integração no Brasil. “Com a Redesim nós estamos melhorando o ambiente de negócios do país, facilitando a vida do empreendedor que pretende abrir ou alterar uma empresa aqui. É um salto de qualidade que nos habilita a receber investimentos estrangeiros de grupos e empresas que queiram empreender em nosso país”, destacou.

 

Com palestras do Corpo de Bombeiros, Secretária de Estado da Fazenda, Sebrae, Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Associação dos Profissionais da Contabilidade Aplicada ao Setor Público (Apcasp), Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon/PA) e Universidade Federal do Pará (UFPA), entre outros, o FIP abordou não apenas a adesão e implantação do sistema Integrador Pará por parte das prefeituras, mas também o empreendedorismo e a melhoria do ambiente de negócios como um todo no Pará e no Brasil.

 

Outro destaque da programação foi a participação de Gabriela Torquato, coordenadora de uma das maiores organizações de apoio ao empreendedorismo de alto impacto ao redor do mundo, a Endeavor. “A simplificação dos processos de abertura, legalização e até fechamento de uma empresa é uma etapa muito importante para reduzir as amarras da vida do empreendedor. É aquela corda amarrada na cintura que fica puxando o empreendedor e não deixa ele correr”, comentou Gabriela, que participou do Fórum pela primeira vez e ficou surpresa com o resultado.

 

“O Pará está na direção certa. O que está acontecendo aqui é muito importante. É preciso conscientizar os municípios sobre os benefícios dessa integração. Ela é complexa, mas não é um bicho de sete cabeças e traz benefícios muito grandes para o município, para a gestão tributária, para o empreendedor e para o desenvolvimento econômico da região. A Junta Comercial está de parabéns pela iniciativa”, completou.

 

Um dos municípios com melhores resultados desde a integração, Santarém teve como representante no Fórum a secretária de Gestão, Orçamento e Finanças, Josilene Lira, que destacou os avanços do município após a adesão. “Sem dúvida a integração não só melhorou o atendimento ao nosso contribuinte como também a arrecadação com alvará. O Integrador Pará está aí justamente para facilitar, para agiliza, para tornar mais simples todo esse processo.”

 

Realização

            

 

  

Apoio

 

 

 

 

 

 

Participação