O Integrador além de facilitar o acesso desburocratizando o serviço, contribui para fomentar a economia dos municípios, gerando mais empregos, fortalecendo e impulsionando o desenvolvimento

Cilene Sabino - Presidente da Jucepa

O II Fórum Intermunicipal Integrador Pará, promovido pela Junta Comercial do Pará na última quarta-feira, em Marabá, encerrou com o saldo positivo de novas quatro prefeituras integradas a Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim). Parauapebas, Eldorado dos Carajás, Pacajá e Tucuruí são os mais novos integrantes da rede na Região Sudeste do Estado. A expectativa, agora, é que um grande número de prefeituras procure a Jucepa para fazer a adesão até a realização do próximo fórum, previsto para agosto, em Altamira, no Sul do Estado.

Com uma vasta programação sobre a implantação da Redesim no Pará, mas abrangendo também assuntos como prestação de contas dos municípios; estrutura para a implantação de novos negócios, incluindo grandes projetos, como a rede elétrica de abastecimento disponível; e atuação dos profissionais de contabilidade nos processos de abertura, alteração e baixa de empresas; o Fórum realizado na Subseção da OAB/PA, em Marabá, atraiu um grande número de contadores e gestores públicos municipais, entre eles os prefeitos de Pacajá, Francisco Tozzeti, e de Eldorado dos Carajás, Célio Rodrigues da Silva, que assinaram o convênio durante o evento, e o secretário de desenvolvimento de Parauapebas, Isaías Queiroz, que assinou como testemunha do convênio firmado, ainda durante a tarde, com o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, em Parauapebas. Jones William Galvão, prefeito de Tucuruí, assinou o convênio na tarde de quinta-feira, 8, em Tucuruí.

“Para o município, além de aumentar a arrecadação, o Integrado Pará também oferece um suporte que desburocratiza os processos para a pessoa que quer abrir um novo negócio ou mesmo ampliar seu negócio em nossa cidade. Não tenho duvida que esse sistema vai contemplar todos os cidadãos, os empresários do município, e também ajudar a alavancar a nossa economia”, afirmou o prefeito de Pacajá, Francisco Tozzeti, durante a assinatura do convênio para a implantação do sistema Integrador Pará no município. Tozzeti ressaltou ainda como a melhoria na arrecadação possibilitada pelo sistema pode contribuir para o desenvolvimento social de Pacajá. “Quando se aumenta a captação de recursos no município também se aumenta o repasse para a saúde, para a educação, assistência social, enfim, o investimento no município, e com isso ganham todos os cidadãos.”

META

Com pelo menos mais três fóruns a serem realizados – Altamira, Santarém e Paragominas recebem o evento nos próximos meses – a meta da Jucepa é integrar todos os 144 municípios paraenses até o final do ano. “Hoje, efeito imediato, três prefeituras integradas. Mas ao longo da semana, com a boa repercussão do evento, muitas outras prefeituras passam a se interessar. Com certeza o fórum é um sucesso, é uma realidade e vamos atingir a nossa meta”, comemorou a presidente da Jucepa, Cilene Sabino, ao final do evento, em Marabá, um dia antes de Tucuruí também assinar o convênio. “Esses prefeitos que estiveram no Fórum, não só os prefeitos, mas os representantes de várias prefeituras, já que muitos prefeitos mandaram representantes, eles vão levar para seus municípios o que foi apresentado, o que foi debatido aqui, então com isso, com certeza, vamos receber muitas solicitações de integração”, aposta a presidente, que já havia verificado esse aumento do interesse das prefeituras pelo Integrador Pará após o primeiro fórum, em abril, em Castanhal.

Realização

            

 

  

Apoio

 

 

 

 

 

 

Participação